CTP prevê que as dormidas em 2017 ultrapassem os 57 milhões

A Confederação do Turismo Português (CTP) prevê fechar o ano turístico de 2017 com um crescimento significativo dos principais indicadores da actividade, nomeadamente, no que se refere às dormidas, que registaram um aumento de 7,1% para 57.314.

 

A expectativa da CTP estende-se ainda ao número de hóspedes que deverá aumentar 8,6%, superando a barreira dos 20 milhões (20.694), aos proveitos da hotelaria, que crescem 16% para 3.382 milhões de euros, ao REV PAR que atinge 49,5 (+ 16,2%) e às receitas que sobem para 15.089 (+19%).

O Turismo continua a crescer a bom ritmo, seguindo a tendência dos últimos anos, o que significa que o destino Portugal está consolidado. Estes resultados são fruto de uma grande aposta dos empresários, que têm reunido esforços para continuar a investir no Turismo, melhorando a sua oferta e os seus serviços”, adianta Francisco Calheiros, presidente da CTP.

“Até Outubro, os indicadores revelaram um bom desempenho e, mesmo tendo em conta que ainda faltam apurar os meses de Novembro e Dezembro, podemos assegurar que 2017 será um ano muito positivo para o Turismo”, conclui o presidente da CTP.

De acordo com os dados divulgados pelo INE, até outubro, a atividade de alojamento turístico em Portugal recebeu 18,3 milhões de hóspedes, o que representa um crescimento de 8,6% face ao acumulado de 2016. Em dormidas, registou-se um crescimento de 7,1%, alcançando os 51,6 milhões. De destacar ainda o fluxo dos aeroportos, com um crescimento de 17,3% (22 milhões de passageiros).

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade