Celebrou-se o país no Dia Nacional da Gastronomia

 " Em Viseu fortaleceu-se a idéia de projectos maiores para os anos que se avizinham” disse Olga Cavaleiro, presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas (FPCG), no encerramento do Dia Nacional da Gastronomia.

 

A quarta edição das comemorações do Dia Nacional da Gastronomia, que depois de Lisboa, Aveiro e Vila Nova de Gaia, tiveram lugar no Solar do Vinho do Dão, em Viseu, nos dias 08 e 09 de Junho, foi mais uma vez o ponto de encontro de todos os sabores de Portugal. 

A festa dos produtos portugueses decorreu com um vasto programa da responsabilidade da FPCG e co-organizado pelas Edições do Gosto, com o objectivo “de celebrar o melhor de Portugal à mesa, com meia centena de expositores a exibirem o melhor dos produtos nacionais e a presença de 50 confrarias gastronómicas”

No intervalo de momentos como “Palcos”, “Exposições”, “Tours Gastronómicos” e “Jantar Solidário”, passaram os melhores profissionais do sector da restauração e hotelaria, a par dos amantes de gastronomia, vindos de todo o país.

No evento foi também entregue o Troféu Portugal, galardão do concurso de cozinha que junta chefes de cozinha profissionais, produtos e produtores, ao chef Duarte Eira, do restaurante Salpoente, em Aveiro.

De destacar o Jantar Solidário, no encerramento das comemorações, que reuniu 2000 euros para duas associações - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Viseu e a Associação Portuguesa para as perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Viseu.

“Viseu marca uma evolução muito positiva do Dia Nacional da Gastronomia. Uma comemoração que começou tímida no seio das confrarias gastronómicas de todo o país, mas que esta edição nos mostrou que criou raízes por toda a sociedade portuguesa. É muito importante a junção de mundos diferentes e a integração de novos protagonistas! Sem dúvida que tivemos aqui novos acrescentos que tornaram esta versão mais enriquecida e que nos fazem prever projectos maiores para os anos que se avizinham”, adiantou Olga Cavaleiro. 

Paulo Amado, Director Geral das Edições do Gosto, a empresa responsável pela organização do Dia Nacional da Gastronomia, também comunga da opinião que Viseu foi um marco “extremamente positivo”, afirmando que “o que aconteceu em Viseu, foi uma celebração de uma ideia de país completo, com a diversidade da nossa geografia e cultura representada”. “A gastronomia esteve representada na sua expressão essencial, com destaque para os produtos e conhecimento, a técnica dos cozinheiros e a conexão com uma ideia de arte, com visão social”, rematou.


A Assembleia da República aprovou em Junho de 2015, por unanimidade, um projeto de resolução que instituiu o Dia Nacional da Gastronomia.

A Cidade anfitriã foi Viseu e foram parceiros do Dia Nacional da Gastronomia em 2019, o Clube de Produtores Continente, o Turismo do Centro e o Turismo de Portugal. O evento conta com o Patrocínio do Arroz Bom Sucesso, Brasmar, Gresilva, ICEL e com os apoios da AHRESP, ProChef, Sevenair, Sogenave e TEKA.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade